Nossa tese, nossa defesa!
BellVil

Observo, paro, penso e me pergunto...
- Por que o ser humano, apesar de tantos estudos,
tantas provações, tantas lições de vida,
tanta leitura, nada aprende?
Acompanha uma novela, um futebol, torce e até discute?
Mas em sua vida pessoal, em seu modo de ser,
não aceita e não admite críticas?
Críticas foram feitas não somente para
destruir e sim para que se possa refletir.
Não é aceitando defeitos seus e de outrem
que estamos sendo sinceros.
Se podemos discutir sobre uma novela, opinar sobre
quem deveria ou não ser escalado para um time de futebol, por que não fazê-lo quando se trata de ajudar a um amigo ou a nós mesmos, aperfeiçoar?
Somos seres imperfeitos, porém inteligentes,
por que não aceitar ?
Melhor interpretar como quer cada qual ao seu modo, achando sempre que somos os donos da verdade?
De que adianta belas palavras escrever ou copiar, sábios conselhos tentar passar, se nada disso, nós mesmos não tentamos nem ao menos conosco, provar?
Será que preferimos um falso elogio,
do que uma verdade, escutar?
Quanto aprendemos com uma crítica,
se essa for para nos ajudar.
Antes de pensar logo no mal, por que não parar e pensar que alguém por ser muito amigo, está sendo apenas leal?
E assim o ser humano caminha a se calar,
medo de por mal, assim o interpretar.
Se queremos ler e ouvir apenas o que queremos,
estamos nos fechando a realidade,
curtindo e amargando cada tristeza...
Somos nossos próprios advogados...
Nossa tese, nossa defesa!