Reflexos de mim
 
 
 
      
BellVil 
 
 
 
 
 
Vou até meu íntimo procurar, talvez buscas perdidas

Razões inexplicáveis, atitudes não tomadas

O certo e o errado estão nessas idas e vindas

Reflexos de mim, partículas não encontradas

Janela de minh'alma, descerro as cortinas

Decifro pouca coisa, páginas que pulei e agora me são cobradas

Livro de minha vida, letras confusas, outras apagadas

Preciso voltar a escreve-lo com calma, agora mais centrada

Vasculhar as minúcias, formar as frases embaralhadas

Quem sabe, até escreve-lo de novo, agora com letras douradas !!
 
 
 
 
     
BellVil
 
 
 
 
voltar indicar