Assim como eu sou
 
 
       
BellVil
         
 
 
 
 
 O diamante que brilha mesmo  sem lapidar
A lágrima mais pura que escorre sem chorar
 
O grito mais alto,
mesmo sem gritar
Posso mergulhar fundo
pois aprendi a nadar
 
Notas afinadas em uma linda melodia sem cantar
Uma tempestade de granizo
mesmo com o sol a brilhar
 
Pesadelo tenebroso no mais belo sonhar
Que estende as mãos quando
todos estão a recuar
 
Pecado terrível sem sequer saber o que é pecar
Janela da vida que abre
sozinha para que
possa respirar
 
Assim como eu sou,
me fizeram
ou me deixei ficar
Mesmo que façam tudo
para eu odiar
Não vai adiantar...
eu só sei amar !!
 
 
 
 
     
BellVil
 
 
 
voltar indicar