Covardes...
 
 
       
BellVil
 
 
 
Os sonhos, o sorriso sempre presente e hoje...ausente
 
Os olhos brilhantes pela alegria,
trocados pela dor sombria
 
Seu orgulho cruelmente destruído
pelos bens praticados 
 
Em troca, punhais de aço puro,
deixaram em seu peito...cravados
 
Pobre menina, tão feliz foi um dia
 
Daria tudo para que fossem apenas pesadelos e a mais pura...utopia !
 
Covardes...ladrões...assassinos...insanos
        
Devolvam o que tiraram e é de direito
 
A essa Mulher que continua ainda...
 
Uma Menina !!
 
 
 
 
    
BellVil
 
 
voltar indicar