Ahhh...esse doido amor !!
 
 
 
 
 
BellVil
 
 
 
 
 
 
Sempre apronta,
 criança travessa,
nos pega de surpresa

Quando se pensa , que nem
 pavio mais tem nossa vela,
ele aparece com uma
enorme chama

Claridade imensa em todo
nosso sêr,
faz  um plebeu conquistar até a  realeza

Pare o mundo, quero descer, correr de braços abertos a essa paixão que por mim clama

Girar até cansar em teus braços, o mundo já parou mesmo,
agora em tudo vejo só beleza

Peças de quebra-cabeça encaixados,
assim é como se sente,
quem ama

Duas metades de um só coração, que vibram unidos,
 afastando e esquecendo toda tristeza

Batem juntinhos felizes e completos,
tudo brilha em volta,
bendita seja a hora
que o relógio marcou...
 
Sua vez de amar, chegou!!
 
 
 
 

BellVil