Caminhando

BellVil

Caminho sozinha lentamente,
   chuto a água bem de mansinho,
   em câmara lenta ela se espalha

   O laranja se mistura ao azul escuro
   antes tão clarinho


Paro um pouco, inebriada com a imagem
   e meus pensamentos voam...
   Sinto você perto, me tocando,
   seus lábios dos meus, se aproximando
   Aquele beijo tão esperado começa lento,
   aos poucos me sufocando


O tempo para, só o barulho das ondas
   nos acompanha...
   E assim ficamos beijando, carícias nos
   despertando
   Já anoiteceu faz tempo, mas o que importa isso
   para quem ama..


Me abraço agora sozinha,
   volto a caminhar, tentando adivinhar onde está você,
   que tanto vivo sonhando !!

 


BellVil

 

voltar indicar