Larga do meu pé!
BellVil
 
 
Não sou árvore, para que possam podar
Pega leve, não é por aí não
Amo brincar e somente alegrias, levar
Não aceito neuras minhas, imagine então
 se de outros, vou aturar?
Fale mal mas fale de mim, nunca aceitei, se for para falar mal, pode me esquecer, disso... não abro mão!
Nada se leva da vida, por que então
a vida dos outros, querer atazanar?
Larga do meu pé chulé, procure outra
coisa para sua cabeça esfriar
Já temos tantas coisas para pensar, a vida já passa rápido demais e ainda querem ela, encurtar?
No stress, sáia da frente quem está querendo a fila parar, ela tem mais é que... Pra frente, andar!